segunda-feira, janeiro 09, 2012

Educação. Apenas um negócio?

O título da matéria publicada no O Globo Online é "Universidades privadas, em crise, demitem e fecham unidades no RJ". Leia aqui, caso o jornal não tenha cometido o crime informacional e arquivístico de alterar o link, tornando a informação inacessível.

É preocupante quando a educação se torna um negócio que visa apenas o lucro. Não sou contra o ensino privado, mas quando se coloca objetivo aparentemnte único a obtenção de lucros em instituições que deveriam ser de ensino (pesquisa e extensão talvez seja exigir muito) temos um problema a curto, médio e longo prazo.

Muitas dessas universidades particulares atendem a demanda crescente que o Estado não consegue suprir. Embora, como sabemos, esse mesmo Estado as subsidia de forma direta ou indireta. Logo, temos dinheiro público "ajudando" a gerir tais instituições. 

Abrir e fechar universidades como se fossem lojas cujo mercado local não foi condizente com o planejado (não vendeu tanto quanto se esperava) é a prova de que a educação não foi levada a sério. Se é que foi considerada. 

Considero uma tragédia anunciada. 

Nenhum comentário:

Rio de Janeiro. Belezas e Mazelas

O Rio de Janeiro conta com pontos turísticos naturais e outros tantos frutos de trabalhos arquitetônicos e paisagísticos.  O descaso do...