Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2009
O Índio e a Raposa

O Dia do Índio já passou (ou seria melhor dizer, o dia oficial em homenagem ao indígena - 19 de Abril - já passou) mas sempre é tempo de refletirmos sobre a situação dos brasileiros, sejam eles índios, brancos, negros...
Indico dois textos do Bessa (Jose Ribamar Bessa Freire). Sempre didático e numa linguagem leve e atraente, no primeiro texto Bessa discute artigos recentes escritos por Aldo Rebelo (deputado do PCdoB-SP), "Ele jura que a demarcação da Terra Indígena Raposa Serra do Sol é 'um grande equívoco que agride o interesse nacional'. Defende a permanência dos arrozeiros de Roraima na área, argumentando que eles 'ocupam a terra e a fazem produzir riquezas em benefício de todos'. Ataca os índios - a quem chama de 'silvícolas', por impedirem 'que floresça a vivificação clássica penosamente iniciada pelos bandeirantes para sinalizar a posse inalienável do território".
No segundo texto Bessa responde questões expostas por um d…
É de assustar!

Tenho lido e assistido notícias e noticiários sobre o caso das passagens aéreas, usadas como bem privado, por deputados e senadores em Brasília (Qual seria o resultado de uma investigação nos Estados e Municípios?). Fico enojado, revoltado. Decepcionado não! Infelizmente esse é um sentimento que não cabe mais. Seria ingenuidade e ignorância.

Basta se informar sobre todos os casos de corrupção, de falta de ética, de imoralidade que acontece no meio político. Decepcionado ficaria se o quadro atual trouxesse algo completamente diferente do que temos visto. Não é o caso. O que tem mudado (ou melhor, o que tem vindo à tona) são modalidades diferentes da mesma sacanagem. É como um Kama Sutra político, onde cada ato nos é revelado aos poucos.

Num dia temos aquela posição onde um deputado constrói um castelo com nosso dinheiro. Isso nos enlouquece. Mas aparentemente não satisfaz ao ladrão-político. Passasse então para outra posição, onde um senador emprega seus parentes como asses…
Faces of Africa

Respeite a Crença Religiosa dos Outros
Respect the Religious Beliefs of Others

Imagem
Qual é o seu ponto?
O PNUD, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, está elaborando um relatório sobre Desenvolvimento Humano que será publicado no próximo ano. E eles querem saber nossa opinião. Para tanto, fazem duas perguntas (na verdade uma pergunta com justificativa da resposta) que podem parecer simples, mas com certeza muitos titubeiam ao responder:
O que precisa mudar no Brasil para a sua Vida melhorar de verdade? Por quê?
Muitas pessoas não acreditam ou não dão a devida importância aos Relatórios de organismos internacionais, tais como a ONU e suas agências, o Human Rights Watch dentre outros. Mas esses relatórios têm sim um impacto. Nem que seja para deixar constrangidos os governantes ou para nos chocar, mostrando em síntese algumas mazelas que parecemos fazer questão de ignorar, ou simplesmente incorporamos em nosso cotidiano, como algo normal.

É preciso, então, incomodar, mexer, instigar, provocar, gerar desconforto. É um passo para mudança. Escreverei, com certeza, …
Generalidades

1 - Me assusta ver que as pessoas se importaram mais com o desenrolar do caso Funkeira Perlla x Jogador Léo moura do que com o desenrolar do caso Senado-Câmara x Nosso Dinheiro. O que terá mais impacto no nosso dia-a-dia? Tenho medo da resposta.

2 - O Globo publica reportagem sobre a aprovação, pela maioria, da operação Choque de Ordem, empreendida pelo prefeito Eduardo Paes. Por coincidência, hoje eu passei pela Avenida Brasil e pude ver, na passarela em frente à FioCruz (palco de uma das "batidas" do Secretário responsável pela Operação) que os vendedores ainda ocupam boa parte do que deveria servir aos pedestres. É certo que as barracas não voltaram, mas as grades estão servindo muito bem como vitrine para os diversos produtos. Parece que a voltagem desse choque é bem baixa.

3 - Morro Dona Marta. Parece que se tornou uma vitrine para ações sociais e de segurança. O Governo se gaba, os projetos se instalam (internet gratuita, grama no telhado..., até um muro po…