quinta-feira, julho 25, 2013

#JMJ

Nos últimos dias presenciei cenas muito bonitas, muito emocionantes e, acima de tudo, muito humanas no melhor sentido da palavra. Pessoas de diversas nacionalidades; jovens em sua maioria, muito jovens. Em grupo, percorrendo as ruas da cidade, muitas cantando, portando bandeiras de seus respectivos países, alegres, animadas, felizes. Quando se encontravam, os grupos se cumprimentavam, trocavam bandeiras, camisetas, quebravam a barreira do idioma e se comunicavam como se conhecessem uns aos outros e estivessem se reencontrando após um longo tempo.

Em tempos onde na maioria das vezes as pessoas se ignoram, se escondem em seus mundos, se isolam e se afastam, as cenas foram particularmente importantes no sentido que me fez perceber que ainda podemos nos comportar com humanidade. Esperança.

A Jornada Mundial da Juventude é um dos eventos mais impactantes, mais belos que já vi. E, com certeza, repleto de significado.

Importante também, ainda num desabafo bem pessoal, pois tudo isso ocorre num momento de extremo desanimo.